Dicas Soin

Dicas Soin

Ataque ao bolor

Ataque ao bolor

Ataque ao bolor
Fonte Gazeta do Povo

Manchas esverdeadas que brotam em roupas, sapatos, armários, paredes e deixam um cheiro bem característico. O mofo é como uma praga, praticamente inevitável em Curitiba, uma das cidades mais úmidas do país.

O clima úmido é propício à proliferação do mofo, também conhecido como bolor. O mofo nada mais é que a reprodução de fungos. “Esporos do fungo ficam pelo ar e são trazidos para a casa nas roupas, nos pêlos dos animais ou pelo vento” diz a professora de microbiologia Patrícia Dalzoto, do departamento de Patologia Básica da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O fungo procura nutrientes como a madeira, papel, matéria orgânica (restos de comida, por exemplo) e ácaro. É por isso que o interior de armários e paredes de banheiros e cozinhas são os locais onde mais se reproduz o bolor.

Dependendo da quantidade de mofo e das espécies de fungos que o formaram, quem vive em um local infestado pode sofrer com ele. “O bolor pode causar sinusite crônica e piorar quadros de asma. Alérgicos, mais do que outras pessoas, precisam ficar atentos”, afirma Patrícia.

Uma dica básica para quem tem esse problema em casa é deixar o sol entrar. Em dias ensolarados, lembre-se de deixar as janelas e as portas de armários abertas, nem que seja por 15 minutos. Antes de planejar móveis, ambientes úmidos devem ser levados em conta. Armário embutido é um chamariz para o mofo. O ideal é ter móveis que não fiquem encostados na parede e que de vez em quando possam ser arrastados para deixar espaço para ventilação.

Mas se a opção for por móveis embutidos, é bom colocar um isolante entre o armário e a parede, como placas de isopor. Aparelhos de ar condicionado precisam ser constantemente limpos porque filtro sujo é fonte de alimentação para fungos, em função dos ácaros que gostam desses ambientes.

O antimofo (como o Evita Mofo Secar e Secar Premium) é os mais apropriados para absorver umidade. O giz também absorve, mas causa outro problema. “Ele prende a água e vira uma paçoca, difícil de limpar depois”, diz a química industrial Sheyla Zeck.

 



Dicas de organização pessoal?

Blog Ana Afonso